NOTÍCIAS

Serviços ligados ao turismo devem abrir 48 mil empregos

Serviços vinculados ao setor de turismo como hospedagem, alimentação, transporte, agências de viagens, entre outros, deverão ampliar em 47,9 mil o número de vagas de empregos entre os meses de abril até junho deste ano, em função da Copa do Mundo. A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, que diz ainda que o número corresponde a 35,2% das vagas a serem criadas em 2014, embora boa parte delas sejam de postos temporários.

De acordo com o Ministério do Turismo, estão sendo esperados aproximadamente 600 mil turistas estrangeiros durante o evento e outros 3,1 milhões de brasileiros no mesmo período. A CNC se baseou nos dados do MTur, no fluxo de passageiros nos principais aeroportos do país e ainda de dados do Ministério do Trabalho e Emprego (Caged) para apresentar os números da pesquisa.

O estudo aponta ainda um comparativo sobre a Copa das Confederações, realizada em 2013 em seis cidades-sedes, mostrando que os estados que abrigaram o evento, abriram no segundo trimestre de 2013, cerca de 29,5 mil postos de trabalho com carteira assinada no setor de turismo.

O segmento de alimentação, como bares e restaurantes, deverá responder pela maior parte da geração dos empregos do turismo, com algo em torno de 16 mil vagas. Transportes de passageiros têm a previsão de abertura de outras 14 mil vagas. Já hotéis, pousadas e similares deverão ofertar 12,3 mil. Juntos os três setores responderão por 88,4 % dos empregos a serem criados.

Cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, que realizarão, respectivamente, a abertura e o encerramento da Copa do Mundo, são as que mais peso terão nas contratações temporárias, respondendo por 52% dos novos postos de trabalho. Já os estados da Bahia e Pernambuco terão em torno de 6% das vagas oferecidas.

Em relação à faixa salarial dos novos postos de trabalho, as maiores remunerações estão focadas nas agências de viagens (R$ 1.626). Depois vêm os transportes de passageiros (R$ 1.449), serviços culturais e recreativos (R$ 1.397), a alimentação (R$ 935) e hospedagem (R$ 900).

 

Fonte: Ministério do Turismo 

Compartilhe:

FRETAMENTO CONTINUO

A Tursan transporta seus colaboradores de maneira segura e personalizada, atendendo todas as necessidades da sua empresa

SAIBA MAIS