NOTÍCIAS

Os direitos de viajar com animais de estimação no ônibus

Animais de estimação são, para muitos, elementos da família e por isso vão para onde seu dono for. Mas para isso ocorrer sem estresse é necessário conhecer as regras da companhia e os seus direitos. Cada meio de transporte tem suas normas e é preciso analisá-las antes de contratá-la.

No caso dos ônibus rodoviários, suburbanos intermunicipais ou ainda no caso de fretar ônibus, o passageiro tem o direito de transportar seu animal de estimação, pequeno a médio porte, desde que esteja devidamente acomodado, não podendo atrapalhar a comodidade e a tranquilidade de outros passageiros.

Como viajar com cada animal no ônibus?

Assim como há regras para cada veículo de transporte há também para cada animal de estimação, vejam quais são as condições:

Cães e gatos: Só é autorizado viagens com cães e gatos se eles forem de pequenos a médio porte, de até 10 quilos, transportado em um recipiente apropriado para essa finalidade. No entanto se ele tiver mais do que três meses de idade o proprietário deve apresentar o comprovante de vacinação de antirrábica que tenha sido dada entre 30 dias ou até um ano antes da viagem, ter a carteira de vacinação em dia e ter um atestado emitido por um veterinário, o formulário deste atestado é encontrado no site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Animais silvestres: Animais e aves silvestres devem ser transportados apenas com a autorização do IBAMA, o Guia de Trânsito do Animal e atestado de vacina apresentando o documento na hora do embarque. Assim como todos os outros animais, ele deverá ser transportado em recipientes apropriados para eles.

Cão-guia: O cão-guia tem livre acesso em qualquer transporte e local, sendo assegurado por lei aos deficientes visuais, se a companhia tentar barrar a entrada do animal, ele estará violando a lei dos direitos humanos e nem mesmo pagar um valor extra pela passagem do cão.
O cão-guia não precisa estar com focinheira, mas sim com a coleira e com uma placa de identificação do animal e documentação do portador de deficiência visual.

Uma viagem longa acaba sendo muito cansativa para o animal, busque sedá-lo ou descer com ele em toda a parada que houver. Nos casos de fretar ônibus as condições acabam sendo mais flexíveis, no entanto independente do serviço, informe a companhia antes para não ter maiores problemas durante a viagem.

Compartilhe:

FRETAMENTO CONTINUO

A Tursan transporta seus colaboradores de maneira segura e personalizada, atendendo todas as necessidades da sua empresa

SAIBA MAIS