NOTÍCIAS

MOBILIDADE COM INTELIGÊNCIA: O BRASIL É CAPAZ

Na quarta-feira dia 03/10, a Tursan marcou presença com suas Gerências de Qualidade/TI, Manutenção, Operações e Compras/Suprimentos, além da Diretoria e Superintendência na FetransRio/Etransport/Expoônibus, eventos que ocorreram concomitantemente no Riocentro entre os dias 03 e 05 de outubro que são os maiores da América Latina no segmento de transportes.O evento provou que o país tem ideias, soluções, produtos e ações para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

“Mobilidade Inteligente”. Este foi o tema da edição de 2012.

Muito se fala na necessidade de melhorar os sistemas de mobilidade frente aos crescentes problemas gerados pelo excessivo volume de veículos individuais nas ruas. E realmente, as ações devem ser tomadas de maneira rápida e também com visão de longo prazo.

Não basta colocar mais ônibus nas ruas, só expandir os sistemas de trens e metrô ou mesmo apostar em novos modais para o Brasil, como o monotrilho ou o VLT – Veículo Leve sobre Trilhos.

Tudo deve ser feito com planejamento e qualidade, muito mais que quantidade.

“Através dos transportes podemos qualificar as cidades. O Brasil tem uma série de soluções que não concorrem entre si, mas que se usadas cada uma à sua aplicação correta, teremos um ótimo resultado para toda a sociedade. O ônibus é uma destas principais soluções. Hoje temos inovações tanto de veículos como de operação. Na área de sustentabilidade, por exemplo, vemos como positivos os resultados da operação de ônibus com diesel de cana de açúcar aqui no Rio de Janeiro” – disse Lélis Marcos Teixeira, presidente da Fetransport.

No Rio de Janeiro, testes feitos desde janeiro deste ano com 20 ônibus movidos com proporção de 30% de diesel de cana de açúcar e 20 ônibus com diesel metropolitano convencional revelam que não houve alteração significativa de consumo em relação aos ônibus com o combustível mais usual. Mas do ponto de vista ambiental, os resultados têm sido positivos. Na comparação entre os dois lotes de ônibus, os que foram abastecidos com o diesel de cana, que é diferente do etanol, apresentaram redução de 35% de monóxido de carbono e de 3,2% de dióxido de carbono.

Todos os 40 ônibus são do mesmo padrão. Não há necessidade de alteração no motor ou qualquer outro componente para que o ônibus receba o diesel de cana de açúcar.

Os testes vão até janeiro de 2013 e fazem parte do projeto “Diesel de Cana – Rumo a 2016”.
A feira também promoveu uma série de palestras que não só discutiam, mas traziam alternativas para a mobilidade. Os temas foram os mais variados, como as experiências mundiais e nacionais de operação aperfeiçoada e modernizada de BRT (Bus Rapid Transit), que são os sistemas que contam com estações e corredores de ônibus, a tecnologia a serviço dos transportes desde o gerenciamento de frota até a bilhetagem eletrônica. As novas realidades do mercado, que determinam gestões mais profissionalizadas neste tipo de negócio que é formado basicamente por empreendimentos de características familiares, a situação do setor de fretamento e turismo e a Assembleia América Latina da UITP – União Internacional dos Transportes Públicos foram outros temas e atividades.

Compartilhe:

FRETAMENTO CONTINUO

A Tursan transporta seus colaboradores de maneira segura e personalizada, atendendo todas as necessidades da sua empresa

SAIBA MAIS