NOTÍCIAS

Empresas apostam no transporte fretado para aumentar a produtividade dos colaboradores

Apesar de pouco mencionado quando o assunto é mobilidade urbana, o fretado é realidade para muitas pessoas. Principalmente empresas localizadas em regiões afastadas ou em grandes cidades oferecem este benefício aos seus funcionários.

Segundo dados da ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) somente na cidade de São Paulo são realizadas 490 mil viagens de fretado por dia, o que representa 2,3% das viagens de ônibus realizadas na capital paulista. O consultor da ANTP, Eduardo Vasconcelos, em entrevista, ainda destaca que os fretados contribuem para a redução do congestionamento nos centros urbanos.

Os benefícios do fretado vão além de tornar as cidades mais sustentáveis. O engenheiro Carlos Filho, que trabalha na região da Vila Olímpia e mora no interior paulista, utiliza o fretado todos os dias e elogia bastante o serviço.

“Se eu estiver com sono vou dormindo, senão vou lendo notícias na internet. Chego no trabalho muito mais descansado e disposto. Nem imagino como seria ter que dirigir nesse trânsito todos os dias. Na volta é melhor ainda, já sei que posso relaxar logo que saio do escritório.”, diz Carlos.

Em uma pesquisa realizada na região da Berrini, em São Paulo, pela Transfretur (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento e para Turismo de São Paulo e Região), 80% dos trabalhadores que utilizam carro diariamente declararam que preferem o fretado como meio alternativo de transporte.

As empresas estão notando que as vantagens que o fretado traz para os colaboradores refletem em seu desempenho dentro do próprio ambiente de trabalho. É cada vez mais comum empresas oferecerem este benefício, pagando parcialmente ou até integralmente a mensalidade do serviço.

 

Fonte: Fresp

 

Imagem: Bigstock by dolgachov

 

 

 

Compartilhe:

FRETAMENTO CONTINUO

A Tursan transporta seus colaboradores de maneira segura e personalizada, atendendo todas as necessidades da sua empresa

SAIBA MAIS