NOTÍCIAS

DIA NACIONAL DO DOADOR DE SANGUE

No dia 25 de novembro é comemorado o Dia Nacional do Doador de Sangue. Criada em 1964, a data tem como meta valorizar a doação voluntária, um ato simples que salva muitas vidas. É uma data que visa estimular a ida de voluntários aos hemocentros para compartilhar a vida. O ato pode salvar muitas pessoas e o doador é peça fundamental para que várias vidas possam ser salvas. O sangue doado pode ser utilizado em pessoas que sofreram hemorragia e precisam fazer a reposição, como no caso de cirurgias muito longas onde é preciso manter a qualidade do sangue do paciente e para tratamento de outras doenças como a hemofilia.

Segundo Carla Campos, hematologista do Hemonúcleo, o dia comemora os atos de amor realizados pelos doadores. “O dia foi feito mesmo para celebrar esse ato altruísta, que é a doação voluntária. O dia foi criado também para incentivar a doação de sangue, que é algo que é feito de coração, pois a pessoa não ganha nada, não tem remuneração, mas sem essa ação a gente não consegue manter o nosso estoque e suprir as necessidades, tanto dos hospitais locais, quanto dos outros locais que a gente supre”, explicou.

Podem doar sangue pessoas entre 18 e 60 anos e peso superior a 50 kg. O intervalo para o homem doador de sangue é de 2 meses, diferente do das mulheres doadoras de sangue que é de 3 meses. A mulher não pode estar grávida, amamentando ou já terem se passado pelo menos 3 meses de parto ou aborto. Tatuagens devem ter sido feitas pelo menos 12 meses antes da doação. “Os voluntários não devem ter nenhuma doença infectocontagiosa ou em curso. As pessoas também não devem doar sangue em jejum, sempre é necessário ter uma alimentação leve antes da doação, mas geralmente o que mais causa restrição é a idade do doador”, informou.

Compartilhe:

FRETAMENTO CONTINUO

A Tursan transporta seus colaboradores de maneira segura e personalizada, atendendo todas as necessidades da sua empresa

SAIBA MAIS